Congressistas falam sobre a expectativa para o 11º CNP

“Facilitar o dia a dia dos profissionais”, “valorização” e “melhorar a qualidade de vida das pessoas”, são alguns dos sentimentos dos profissionais que estão participando do 11º Congresso Nacional de Profissionais (CNP), que começou na manhã desta sexta-feira (7/10), em Goiânia (GO).

Confira a avaliação de alguns participantes:

Coordenador do CEP-PI, eng. seg. trab. e eng. prod. Andrei Costa

“O caderno de propostas, após a sistematização, apresentou um número satisfatório de propostas que, certamente, contemplam as demandas mais urgentes da Engenharia, da Agronomia e das Geociências. Importante ressaltar que os profissionais apresentaram propostas de políticas públicas que realmente podem impactar a sociedade, transformando e melhorando a vida das pessoas que é o grande objetivo da Engenharia” – Coordenador do CEP-PI, eng. seg. trab. e eng. prod. Andrei Costa

Eng. agr. Humberto Dauber

“Esse Congresso acontece a cada três anos e é muito importante para a nossa profissão. A minha expectativa é, vendo as propostas apresentadas, que o Sistema se volte mais para a comunidade. Tudo ao nosso redor tem a Engenharia presente. No material, na estrutura, no próprio equipamento, tudo que você imaginar tem o trabalho de um engenheiro que está pensando na qualidade de vida das pessoas. Espero que o Congresso siga nesse sentido de atender melhor às necessidades da população”. – Eng. agr. Humberto Dauber

Eng. civ. Manoel Coelho

“A minha expectativa é que todas as propostas sejam muito bem discutidas, pois temos propostas inovadoras e que atingem todos os profissionais do Sistema Confea/Crea e Mútua”. – Eng. civ. Manoel Coelho

Eng. civ. Thauane Karen da Silva

“Nós trabalhamos e melhoramos as propostas dos CEPs (Congressos Estaduais Profissionais) e agora é defender essas propostas pela valorização profissional da Engenharia, da Agronomia e das Geociências, a fim de trazer novas melhorias para o Sistema”- Eng. civ. Thauane Karen da Silva

 

Eng. amb. Larissa Ravenna

“Vejo o CNP como uma oportunidade de aperfeiçoamento para o nosso Sistema, de proporcionar mais inovação e melhorar o dia a dia dos nossos profissionais através da atualização da nossa legislação. Sou profissional autônoma e esse momento de contribuir com a minha profissão é muito gratificante” – Eng. amb. Larissa Ravenna

Eng. alim. Yury Shimojima

“Espero fazer um bom trabalho no CNP e que nós votemos em propostas que contribuam para uma engenharia de qualidade”. – Eng. alim. Yury Shimojima
.

Eng. civ. Lucas Gonçalves 

“Tenho ótimas expectativas para o CNP, visto que esse Congresso acontece a cada três anos e é onde o Sistema abre as portas para nós, profissionais, sugerirmos mudanças nas nossas resoluções”. – Eng. civ. Lucas Gonçalves

.

Eng. agr. Palmira Oliveira

“Estou feliz com essa oportunidade de participar de um momento importante para os profissionais de todo o país. Espero que aprovemos propostas que possibilitem agilidade e reconhecimento ao nosso trabalho” – Eng. agr. Palmira Oliveira

Leia mais:
Começou o 11º CNP em Goiânia (GO)
77ª Soea, a Semana Oficial do avanço!
Reportagem: Anna Jescika Araújo (Crea-PI)
Edição: Fernanda Pimentel (Confea) Revisão: Lidiane Barbosa (Confea)
Fotos: Anna Jescika Araújo (Crea-PI)

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.