Academia Piauiense de Engenharia realiza solenidade de Instalação e Posse da Diretoria

A Academia Piauiense de Engenharia (APIENG) realizou, na última quarta-feira (19), a cerimônia de instalação oficial e a posse da diretoria para o biênio 2019/2021, no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI). Fundada em abril de 2018, a APIENG tem como missão contribuir para que a sociedade, profissionais e o Estado sejam servidos pelos profissionais de nível superior integrantes das carreiras do Sistema CONFEA/CREA e MÚTUA de forma competente e inovadora, à luz da ética e sustentabilidade.
O presidente do Crea-PI, Eng. Agr. Ulisses Filho, assumiu a cadeira nº 10 da APIENG, que tem como Patrono o Eng. Agr. Luís Gonzaga Carneiro. Em sua fala, o Presidente Ulisses Filho ressaltou que os membros da APIENG contribuíram para o desenvolvimento do Piauí. “A APIENG tem um grupo seleto de profissionais que, com certeza, poderão apontar rumos para o desenvolvimento do estado, que passa pela Engenharia, Agronomia e Geociências. Um outro aspecto relevante são os patronos, pois estamos conservando a história da Engenharia Piauiense, eternizando as pessoas que já se foram e resgatando sua vida profissional. Fico muito honrado em fazer parte dessa Academia”, afirmou.

O Presidente da APIENG e ocupante da cadeira de nº 3, eng. civ. José Mendes, comemorou a solenidade e afirmou que ainda são muitos os objetivos que a Academia almeja alcançar, principalmente, no que diz respeito à preservar a memória da Engenharia no estado. “Estamos engatinhando, mas nosso propósito é levar adiante os objetivos contidos no nosso Estatuto, enaltecendo àqueles profissionais que muito contribuíram e contribuem para a Engenharia. Pretendemos levar ações com projetos, pareceres, estudos, de modo a contribuir com o estado do Piauí”, contou.

Na ocasião, o Diretor Geral da Mútua-PI, Manoel Coelho, assumiu a cadeira nº 9 da Academia e salientou que a Mútua-PI e o Crea-PI irão participar ativamente dos trabalhos da APIENG. “A Engenharia Piauiense está em festa com a criação da Academia. Não vamos ficar apenas em reuniões, iremos levantar os problemas do Piauí”, disse.
Para o Ex- Vice-Presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia – CONFEA, que assumiu a Presidência do CONFEA em 1994, o Eng. Mec. Celso Cunha,  a instalação da APIENG foi um ato importante não apenas para a Engenharia, mas, principalmente, para o estado do Piauí. “Nós vamos servir de base para melhorar a vida da população e essa base vai ser o foco que a Academia terá daqui para frente. Quanto ao meu patrono, o  Eng.Civ. Francisco Sousa Neto,que faleceu com ainda pouca idade, prestou grande serviço ao estado do Piauí como engenheiro”, declarou.
Já o Geól. Wilson Martins, que assumiu a cadeira nº 13 e a vice-presidência da APIENG, frisou a honra e satisfação de participar da Academia Piauiense de Engenharia. “Após 40 anos de exercício profissional, ter o reconhecimento da escolha dentro de um elenco de tantos que compõem o Sistema Confea/Crea e Mútua é uma satisfação. A APIENG irá cumprir sua função de resgatar a imagem de engenheiros piauienses que prestaram relevante serviço ao Piauí. Hoje, estamos plantando uma semente, que tenho certeza, será uma grande árvore de desenvolvimento para o nosso estado”, declarou.

 

A solenidade  contou  com  a presença  de destacadas autoridades como o Deputado Estadual Henrique Pires, que ressaltou a relevância da Engenharia para a humanidade. “É uma Academia recente, mas que já movimenta o Piauí. Eu sempre digo da felicidade de ser Engenheiro Civil. Estou exercendo mandato de Deputado Estadual, mas à disposição da categoria. É uma felicidade  estar aqui no meio de tantos colegas Engenheiros.”, disse.

CONFIRA ALGUMAS FOTOS
Jescika Araújo
Assessora de Comunicação do CREA-PI

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.