Engenheiros da PMT reúnem-se no Crea-PI para discutir assuntos de melhorias para a categoria

Os engenheiros e arquitetos da Prefeitura Municipal de Teresina reuniram-se em uma Assembleia Geral Extraordinária , na manhã desta terça-feira (13), no auditório do Crea-PI, em busca do atendimento às reivindicações relativas às perdas salariais acumuladas, desde 2017, que, atualmente, compõem o percentual de 22%, além de progressões e promoções atrasadas e seus retroativos e melhorias nas condições de trabalho. A reunião foi organizada pelo Sindicato dos Engenheiros do Piauí-SENGE/PI e contou com a presença do presidente do Crea-PI, Ulisses Filho, e do presidente do Sindicato dos Engenheiros, Eng. Florentino Filho.

O presidente do Crea-PI, Ulisses Filho, colocou o Conselho à disposição desse movimento da categoria, em prol das negociações dos direitos dos engenheiros do PMT. “O propósito é discutir com os gestores da PMT essas questões ligadas à Engenharia, Agronomia e as Geociências, na Prefeitura, como a questão salarial, a fiscalização de obras e a participação dos responsáveis técnicos”, disse.

Segundo o presidente do Senge/PI, Eng. Florentino Filho, desde o início de 2021, que se tenta negociar com a PMT essa defasagem salarial, que com as perdas, a tabela de salários do PCCS da categoria não atende mais o salário mínimo profissional. “Iniciamos visitando o corpo de secretários, entre eles, o secretário de Finanças, depois se encaminhou para uma negociação longa com o secretário de Governo, apesar de todos os ofícios terem sido encaminhados ao prefeito, que nunca recebeu a categoria. A categoria, durante toda essa tentativa de negociação, apresentou propostas alternativas que mitigassem as perdas e o impacto para a PMT, também, não tendo surtido efeito. Portanto, a categoria resolveu provocar o movimento com o objetivo de retomar as negociações, as quais contamos com a sensibilidade dos gestores da PMT”, declarou.

Ascom do Crea-PI com informações do Senge/PI

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.