Sistema Confea/Crea e Mútua lança carta aberta aos candidatos de 2022

Brasília, 14 de setembro de 2022.

 

O plenário do Confea recebeu, na manhã desta quarta-feira (14/9), lideranças profissionais de diversas partes do Brasil, que vieram prestigiar o lançamento da Carta aberta aos candidatos políticos de 2022. O presidente do Crea-PI, Ulisses Filho, que coordena o Colégio de Presidentes do Sistema Confea/ Crea e Mútua, participou da abertura do lançamento da Carta, que foi elaborada por unanimidade na 4º Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes, em São Luís- MA, e aprovada no Plenário Federal em 24 de agosto último. Os três pilares da carta – infraestrutura, inovação tecnológica e atuação profissional – estão em consonância com os eixos temáticos do 11º Congresso Nacional de Profissionais.

Na solenidade, a Carta foi lida pela presidente do Crea-RN, eng. civ. Ana Adalgisa, que pontuou seus destaques do documento. “Sou do Nordeste e sei que, mais do que nunca, precisamos garantir segurança hídrica e saneamento básico para a população. Precisamos garantir também a produção de alimentos, estamos vendo o Brasil voltar para o mapa da fome”, pontuou, em relação ao pilar de infraestrutura. “É através da Engenharia, da Agronomia e das Geociências que vamos nos desenvolver. Essa Carta não é só para os candidatos à Presidência da República; temos que fazê-la chegar no parlamento”, complementou Adalgisa mais tarde, durante discurso.

Presidente do Crea-RN, eng. civ. Ana Adalgisa

O presidente do Confea em exercício, eng. civ. João Carlos Pimenta, iniciou sua fala ressaltando o clima de polarização por qual passa a sociedade brasileira na atualidade. “Nosso Conselho reúne um milhão e cem mil profissionais; ao fazer uma carta aberta, temos que pensar que representamos todos eles. Fiquei impressionado com a isenção da Carta, ela está acima de qualquer ideologia, de qualquer polarização, ainda que seja uma carta política, com “P” maiúsculo. Queria deixar registradas aqui as minhas satisfação e alegria quando vi a Carta pela primeira vez, na reunião do Colégio de Presidentes, realizada em São Luís”, manifestou Pimenta, antes de conclamar aos delegados eleitos nos Congressos Estaduais de Profissionais: “Vamos fazer uma força para que todos os documentos do Congresso Nacional de Profissionais (CNP) saiam do nível que a carta saiu”.

Presidente do Confea em exercício, eng. civ. João Carlos Pimenta

O presidente do Crea-PI e coordenador do Colégio de Presidentes, eng. agr. Ulisses Filho, ao fazer uma explanação sobre o que é o CNP, contextualizou para os representantes dos candidatos como são formadas as propostas. “É um momento em que definimos diretrizes para o Sistema, então procuramos buscar o sentimento dos profissionais. Sem Engenharia, Agronomia e Geociências, não se consegue avançar no país. Conseguimos convergir o pensamento em um só e vamos conquistar o apoio da sociedade brasileira”.

Presidente do Crea-PI e coordenador do Colégio de Presidentes-CP do Sistema Confea/ Crea e Mútua, eng. agr. Ulisses Filho

O diretor-presidente da Mútua, eng. agr. Francisco Almeida, celebrou o fato de o Sistema Confea/Crea e Mútua estar com um olhar voltado para fora de si. “O Sistema é condição sine qua non para que o país cresça. Se crescermos 5% ao ano, teremos profissionais capacitados para atender as demandas da Carta”, pontuou.

Diretor-presidente da Mútua, eng. agr. Francisco Almeida

Representante da candidata à Presidência da República pelo União Brasil, Soraya Thronicke, César Lima colocou que a senadora está sempre receptiva e atenta às demandas das associações de classe e de confederações. “Segurança alimentar é um tema de bem querer da senadora. Ela está aberta às demandas da classe”, disse.

César Lima, representante da candidata à Presidência da República pelo União Brasil, Soraya Thronicke

Já Lucas Albuquerque, que representou o candidato à Presidência da República pelo Partido Novo, Felipe d’Avila, disse se sentir em casa, pois tem a graduação em Engenharia Civil. “Grande parte do que está tratado na Carta já está presente nas nossas dez metas para o Brasil. É gratificante ver essa convergência. Vamos trabalhar para que em 2023 possamos implementar tudo o que está aqui”.

Lucas Albuquerque, representante do candidato à Presidência da República pelo Partido Novo, Felipe d’Avila

A solenidade se encerrou por volta de 11h. Leia a Carta aberta aos candidatos políticos de 2022 na íntegra.

Os presidentes do Confea e do Crea-PI (meio) entregam exemplares da Carta a representantes de candidatos (pontas)

 

Beatriz Craveiro
Equipe de Comunicação do Confea
Fotos: Confea

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.