Presidente Ulisses Filho participa da reunião para a Sistematização das Propostas do 11° CNP

O presidente do Crea-PI e coordenador do Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea e Mútua, Ulisses Filho, representou todos os presidentes dos Creas na abertura da Etapa de Sistematização das Propostas do 11° CNP- Congresso Nacional de Profissionais, nesta quarta-feira (14/09), no hotel Planalto Bittar, em Brasília.

Divididos em grupos referentes aos três eixos temáticos (Inovação Tecnológica, Infraestrutura e Atuação Profissional) do 11º Congresso Nacional de Profissionais, a ser realizado de 6 a 8 de outubro, em Goiânia, os coordenadores dos Congressos Estaduais de Profissionais (CEPs), iniciaram as atividades de sistematização das 356 propostas aprovadas pelos CEPs, que devem ser concluídas nesta quinta-feira (15). O CNP tem como tema geral “Desenvolvimento nacional com implementação de políticas públicas para a Engenharia, a Agronomia e as Geociências”.

Coordenador do Colégio de Presidentes, Ulisses Filho, presidente do Crea-PI, destacou o trabalho desenvolvido no CEP de seu estado. “Foi muito propositivo com 14 reuniões microrregionais. Tivemos uma jornada árdua, mas bastante exitosa”. Ulisses considera que o trabalho foi satisfatório porque o CNP é o momento mais importante do Sistema, definindo os rumos que os profissionais gostariam de seguir em direção à valorização profissional e às contribuições à sociedade.

“A Carta aos Candidatos foi debatida pelo Colégio de Presidentes, baseado nas decisões que já apontavam os CEPs. É importante que tenhamos essa preocupação de valorizar tudo o que realizamos. Este ano, o Confea teve a percepção de olhar para fora do Sistema, de tentar dialogar com a sociedade. Temos que descobrir qual o percurso vamos ter. É preciso ter ações permanentes em diálogo com a sociedade”, disse, sustentando a necessidade de uma comunicação eficaz para que cada engenheiro conheça as ações e valorizando a interlocução da assessoria parlamentar com o Judiciário, o Legislativo e o Executivo. “É importante esse trabalho de vocês de síntese para buscar a essência do pensamento de cada CEP, o que vai gerar um documento muito rico para o CNP”, acrescentou.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.