Crea-PI reúne-se com a Equatorial tratam sobre demandas dos engenheiros eletricistas

As atribuições dos profissionais para determinados serviços, os prazos dos projetos e os andamentos de solicitações foram pautas discutidas, no início desta semana, entre os representantes do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (Crea-PI) e da Concessionária Equatorial Piauí.

A reunião contou com a presença do assessor jurídico do Crea-PI, Gabriel Pierot, o coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Elétrica do Crea-PI, Eng. Eletric. Pedro Rodrigues, o inspetor do Crea-PI, do município de Picos, Eng. Eletric. Rhúlio Victor. A Equatorial Piauí foi representada, na ocasião, pelo gerente de Clientes Especiais da Equatorial, Joaquim Milhomem, e pela consultora comercial de Geração Distribuída, Laila Moura.


Sobre os assuntos discutidos, o coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Elétrica, Eng. Eletric. Pedro Rodrigues, agradeceu a recepção da Equatorial e reiterou a preocupação com as dificuldades externas que os engenheiros eletricistas têm enfrentado. “O Crea-PI tem buscado ser este elo entre os profissionais e a Equatorial, a fim de que possa reivindicar por melhorias. Tivemos a nossa segunda reunião e saímos, daqui, na certeza de que os problemas de protocolos, análises de projetos e comissionamentos serão melhorados, balizados pelos normativos e resoluções vigentes”, disse.

O inspetor do Crea-PI, do município de Picos, Eng. Eletric. Rhúlio Victor, enfatizou a importância desta reunião, visto que, muitos engenheiros eletricistas têm repassado suas dificuldades com a Concessionária. Em relação à resposta da Equatorial, o inspetor do Crea-PI relatou que os representantes da concessionária demonstraram empenho em tratar as demandas apresentadas. “A Equatorial Piauí sinalizou positivamente sobre as reuniões continuadas para lapidação dos interesses da categoria. Quando temos esta parceria, para que sejam recebidas nossas sugestões, advindas dos próprios profissionais, tanto a empresa quanto os profissionais se beneficiam”, afirmou.

O gerente de Clientes Especiais da Equatorial, Joaquim Milhomem, afirmou que avalia a visita e as pautas discutidas de uma forma positiva. “A cada reunião evoluímos no entendimento das necessidades das empresas, dos projetistas e nos comprometemos com as melhorias internas, para que possamos cumprir os prazos. As demandas de projetos de geração distribuídas, no Piauí, estão em uma escala exponencial. No final de 2019, tínhamos, aproximadamente, mil solicitações. Nos últimos meses, por exemplo, em outubro deste ano, já tivemos mais de duas mil solicitações para análise de parecer e análise de projetos. Então, a nossa expectativa é que nos próximos meses, consigamos implementar as inovações, com o intuito de atender estes prazos regulatórios”, afirmou.

Segundo o coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Elétrica, o Eng. Eletric. Pedro Rodrigues, ficou marcada uma próxima reunião, no mês de novembro, para discutir as melhorias e a possibilidade de firmar um Termo de Cooperação entre os dois órgãos.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.