Crea-PI adquire drone para auxiliar nas atividades de fiscalização

Para incrementar suas ações de fiscalização e possibilitar mais agilidade nos serviços, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (Crea-PI) adquiriu um Veículo Aéreo Não Tripulado (VANT), conhecido como Drone, para a realização de imagens aéreas nas ações de campo deste Regional, na capital e interior. O equipamento foi obtido pelo Crea-PI, por meio de recursos do Programa de Desenvolvimento e Aprimoramento da Fiscalização (Prodafisc).

Segundo o presidente do Crea-PI, Ulisses Filho, a utilização dos drones na fiscalização é uma alternativa prática “Esta ferramenta é uma importante conquista para a nossa gestão e, também, para o setor de Fiscalização do Crea-PI, otimizando o trabalho da fiscalização, pois conseguiremos identificar as irregularidades em locais de difícil acesso e com mais celeridade”, afirmou.

O chefe de fiscalização do Crea-PI, Eng.Civ. Pedro Vaz, ressaltou que este foi o primeiro Conselho Regional a obter um drone pelo Prodesu.“ Esta é uma iniciativa piloto da gestão do presidente, Ulisses Filho, e com esta nova ferramenta, será possível realizar imagens para direcionar as equipes de forma mais assertiva, bem como gerar dados para desenvolver estudos e relatórios” disse.

Para o agente fiscal do Crea-PI, João Bosco, o uso de drones é uma tecnologia nova e extremamente importante na fiscalização do exercício das atividades de engenharia em suas diversas modalidades. “Com esta nova ferramenta, identificaremos os pontos alvos com antecedência e realizaremos uma fiscalização direcionada e, também, é uma economia de tempo, pois teremos acesso às áreas inacessíveis. Sem dúvidas, em um futuro próximo, o uso de drones na fiscalização será uma ferramenta indispensável”, declarou.

CURSO PROFISSIONAL DE PILOTAGEM DE DRONE

Durante os dias 02 e 03 de dezembro, os agentes fiscais do Crea-PI participaram do Curso Profissional de Pilotagem de Drone, na sede do Crea-PI. No primeiro dia, os engenheiros agrimensores e cartógrafos, Carol Lima e Matheus Barbosa, da Topofly Engenharia, demonstraram o processo de Legislação, o cadastro dos profissionais e do drone, na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e no Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea). No segundo dia, os agentes fiscais tiveram a aula prática de pilotagem do drone, que contou com a presença do coordenador da Câmara Especializada de Engenharia de Agrimensura -CEEAGRIM, o Eng. Agrim. Josemar Borges.

O engenheiro agrimensor e cartógrafo, Matheus Barbosa, frisou o passo importante para a eficiência da Fiscalização. “ A utilização de drone, como ferramenta de fiscalização, visa contribuir muito com o aumento da produtividade, então, nada mais justo que promover a capacitação dos agentes fiscais para o manuseio correto e seguro dessa nova ferramenta”, finalizou.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.