Câmara Especializada de Agrimensura julga 70% dos processos em 2018

 

 

A Câmara Especializada de Engenharia de Agrimensura-CEEAGRIM, coordenada pelo eng.agrim, Israel Costa, analisou e julgou mais de 70% dos processos, neste ano. Segundo o Coordenador, os quatro Conselheiros, que compõem a Câmara, focaram na fiscalização da atividade profissional e em parcerias, com órgãos da área.

O grande desafio para a CEEAGRIM foi a exorbitância de atribuição profissional. “Trabalhamos bastante com denúncias de alguns profissionais, exorbitando atividades específicas do engenheiro agrimensor. Estamos atentos e trabalhando com denúncias diretas dos profissionais”,afirmou.

O Coordenador reforçou o desejo de continuar a parceria, com órgãos fiscalizadores no próximo ano “Queremos estreitar a parceria com a Vara Agrária, com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA/PI), com o Instituto de Terras do Piauí (INTERPI) e com a Associação Piauiense de Engenheiros Agrimensores (APEAG), no quesito de fiscalização”, finalizou.

A CEEAGRIM tem como expectativa para 2019 julgar 100% dos processos e intensificar a fiscalização, nos Cartórios de Registros de Imóveis. “Percebemos que existe uma certa desinformação dos cartórios, com relação ao recolhimento da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e as atividades desempenhadas do engenheiro agrimensor. A meta principal é divulgar massivamente as competências desses profissionais, aos Cartórios”, explicou.

 

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.