Crea-PI e a Uespi assinam acordo e lançam Simulador de ART

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (Crea-PI) assinou um Acordo de Cooperação Técnica com a Universidade Estadual do Piauí (Uespi), nesta quinta-feira (16/12), que visa a cessão de uso sobre o “Software Educacional para Preenchimento de Anotação de Responsabilidade Técnica”, denominado Seart, para o Crea-PI. O acordo de cooperação prevê, também, a divulgação e a utilização do produto, com fins acadêmicos, e atividades voltadas para a capacitação dos estudantes de Engenharia e Agronomia da Instituição de Ensino Superior.

Na ocasião, o presidente do Crea-PI, Eng. Agr. Ulisses Filho, ressaltou a importância do convênio com a Uespi e a utilização de mais uma ferramenta para facilitar o dia a dia dos profissionais. “Este simulador, que a Universidade Estadual desenvolveu para o Crea-PI, proporcionará a realização de cursos de preenchimento de ART aos profissionais e estudantes e, deste modo, diminuirá os erros que a maioria dos profissionais cometem no preenchimento. Portanto, temos uma série de atividades de valorização da ART e, esta ação proporcionará agilidade ao dia a dia dos profissionais”, afirmou.

O reitor da Uespi, Evandro Alberto, declarou a importância desta solução tecnológica para os engenheiros e, também, a relevância do termo de cooperação para atividades de capacitação aos alunos. “É um produto que vai ajudar o dia a dia dos profissionais que precisam desta documentação. Foi assinado um Termo de Cooperação que possibilitará ao nosso aluno fazer estágios, mas abre espaço, também, para outras parcerias e, assim, podermos desenvolver outros produtos”, disse.

A diretora do Centro de Tecnologia e Urbanismo (CTU) da Uespi, Artemária de Andrade, salientou a felicidade de desenvolver o simulador que será utilizado não só na Uespi, mas em todo o Piauí. “Estou orgulhosa de um aluno do CTU ser modelo para outros Creas. Uma necessidade que foi vista por ele e que possibilitará a minimização de falhas futuras aos profissionais da área que não aprenderam efetivamente a como preencher a ART”, frisou. Opinião ratificada pelo coordenador do projeto, o Professor Doutor Constantino Augusto Dias Neto, que destacou a satisfação de orientar o criador do simulador que “ao final do projeto resultou em uma inovação tecnológica que será enriquecedora para o currículo do aluno”, declarou.

O criador do Simulador de ART, o discente Antônio Rodrigues Júnior, retratou que a ideia da ferramenta surgiu da dificuldade dos alunos que terminavam o curso sem saber como realizar o preenchimento da ART. “O Seart ajudará os professores a tratar esta falha e, especialmente, os alunos que após entenderem e utilizarem a ferramenta não apresentarão mais problemas em futuros registros de ART´S. É uma contribuição acadêmica para a UESPI, que aumenta a quantidade de recursos tecnológicos disponíveis, para a melhor formação de seus discentes’, finalizou.


No momento da assinatura estiveram presentes o diretor administrativo da Mútua-PI, Hércules Medeiros, o coordenador da Comissão de Educação e Legislação Profissional do Crea-PI , Eng. Agrim. Ronildo Brandão, o conselheiro e membro da Comissão de Educação, Eng. Agr. João Emílio Lemos, o superintendente do Crea-PI, Gabriel Pierot, o assessor da presidência do Crea-PI, Eng. Civ. Samuel Ribeiro, o assessor de Relações Institucionais do Crea-PI, Eng.Civ. Francisco Carvalho, os representantes do Programa Jovem Engenheiro, Eng.Agrim. Orestes Cavalcante e o Eng.Civ. Renato Pinheiro, a coordenador adjunta do CreaJr-PI, Tássyla Pereira, o gerente da TI do Crea-PI, José Oquendo, juntamente, com a colaboradora do setor Juliana Magalhães, e o gerente do setor de ART do Crea-PI, Eugênio Sepúlveda, e a diretora do Núcleo de Inovação Tecnológico da UESPI, Professora Doutora Vanessa Vasconcelos.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.